[fep] Algumas informações sobre o projeto

  • From: Gabriel Landi <gtlandi@xxxxxxxxx>
  • To: fep@xxxxxxxxxxxxx
  • Date: Thu, 14 Apr 2005 17:14:04 -0300

Hey pessoal. 
Sei que esse e-mail está meio longo, mas por favor leiam e deem uma
pensada a respeito.

Primeiro de tudo, mandei um e-mail para o Paulo Artaxo e ele ainda não
respondeu. Estou tentando marcar uma reunião com ele para discutirmos
sobre aplicações e etc.

Andei trocando umas idéias e aqui vem o que surgiu:

Se estivermos interesse em absorção de aerosóis (grupo do Artaxo),
teríamos que estudar água e alguns gases que compõem a atmosfera. Por
que água? Bem, vapor de água é um aerosol, mas não é um poluente o que
implica que, não tem interesse em estudar a absorção que a água
absorve. Mas, a absorção da água varia com o comprimento de onda  e
existe comprimento tal que a água não absorve a radiação. Isto é
interessante para o grupo de aerosóis. Mas, será que teremos luzes de
diferentes comprimentos de onda para medir, poís só conheçemos o Lazer
He-Ne (comprimento ~ 6300 Angstrons). Isto é algo a se pensar.

Sobre medidas com gases, precisamos manter a pressão a aproximadamente
1atm, poís é essa que interessa. Precisariamos de uma bomba que
conseguisse aumentar a concentração do gas que queremos medir e
mante-se a pressão em 1atm.  Isso é possível fazer. Sobre a deteção, o
programa DataStudio funciona como um aplificador e podemos tomar os
dados nele. Mas, será que ele tem precisão suficiente para notar
alguma diferença entre a radiação com gas e sem gas? Precisariamos de
medições preliminares para determinar isso. Os amplificadores aqui do
Pelletron, tem tal precisão  mas, não dá para saber se a saída do
FotoDiodo (ou outro medidor) é compatível com a entrada do
amplificador (ou pré-amplificador se necessario). Precisaríamos de
algum FotoDiodo para testar, mas o chute inicial é -não funcionaria-.
Precisamos conversar com pessoas do insittuto que usem foto diodos e
ver que tipo de amplificadores que eles usam. Dar uma olhada também
nos fabricantes de FotoDiodos e ver o que  eles sugerem para medidor.

Enquanto conversava com a Eloisa, ela mencionou um cuidado
interessante. Os vidros de bequer não são uniformes. Por tal motivo
precisamos ter cuidado com variar a posição do Bequer ao medir.

Bom, falamos do grupo de aplicação a metereologia. Mas foi mencionado
também corantes alimentícios. Isto, pelo que fui a entender, parace
mais viável de se fazer. Mas, quais são as aplicações científicas
disso. Não faz muito sentido determinar algo (que muitas vezes já está
tabelado) se isso não contribuí em nada para ninguem.

Bom, é isso. Eu sei que cada pessoa de cada grupo está pesquisando
sobre seu respectivo tema e sobre o meu tema (amplificadores), o que
sei até agora está ai em cima. Se conseguirmos uma lista de FotoDiodos
disponíveis, vou checar a compabilidade com cada tipo de amplificador.

Uma última coisa. Caso usemos os aparelhos disponíveis aqui no
Pelletron, o seinal transformado passa por um 'conversor
analógico-digital' (o DataStudio tem um análogo) e vai para um sistema
chamado Root, que talvez o melhor sistema de análise de sinais do
mundo (é verdade :p). É o mesmo sistema usado em diversos aceleradores
ao redor do mundo, e foi desenvolvido no BrookHaven em NY. Apesar de
parecer complicado, não é muito não e tem pessoas que manjam bastante
e podem nos ajudar.

Grato pelo tempo  
-- 
Gabriel Teixeira Landi.

Other related posts:

  • » [fep] Algumas informações sobre o projeto